Papa Francisco, Falso Profeta?

É difícil encontrar quem não goste do Papa Francisco. Ele é bonachão, gente boa, humilde, amigo dos pobres, não gosta de riquezas e opulências, não implica com os homossexuais e nem com os abortistas. Dizem até que ele vai andar de fusca, e como se pode ver na foto acima, gosta de coisas simples. Maravilha, não é mesmo?

E se eu lhe disser que o Papa Francisco veio para destruir a igreja católica e blasfemar contra Cristo, você acreditaria? É verdade, e é como católico que eu lhe digo isso.

Francisco é o representante da maçonaria infiltrada na igreja, que finalmente conseguiu eleger o seu papa. É duro dizer, mas o demônio chegou ao papado. Ele é a besta do Apocalipse 13-11 ”que se veste como um cordeiro (símbolo de Cristo), mas fala como um dragão” (blasfema contra Deus).

Você lembra o que Paulo VI disse? “A fumaça de satanás de infiltrou na igreja”. E agora chegou ao seu vértice.

João Paulo I foi assassinado com apenas trinta dias de pontificado, lembra? Tentaram matar João Paulo II logo no início de seu pontificado com um tiro à queima roupa, lembra? E Bento XVI, coitado, foi tão perseguido que acabou tendo que renunciar, como se fosse um incompetente. Escândalos e mais escândalos estouraram em seu pontificado. Até seus documentos pessoais foram roubados, para poder chantageá-lo.

E agora com Francisco não existem mais escândalos sexuais nem financeiros. A mídia, controlada pela maçonaria o está endeusando, fazendo dele um ídolo, um líder inovador, um mito. Reis, rainhas e governantes têm vindo beijar o seu anel, em reverência a “sua santidade”. Que mudança brusca, não é mesmo?

Mas o que deseja Francisco? É simples: a luta entre Deus e o diabo continua. Como o diabo sabe que nada pode contra Deus, passar um tempinho sentado na cadeira de Pedro já está bom, pois de lá ele pode “abrir a boca em blasfêmias contra Deus, para blasfemar o seu nome, o seu tabernáculo e os habitantes do céu” (Apoc. 13-6).

Outra missão de Francisco é facilitar o surgimento do anticristo, pois ele trabalha segundo as ordens deste, pois está sob sua vigilância, como vemos em Apocalipse 13-12. Foi primeiro preciso “ferir o pastor” (Zacarias 13,7), ou seja tirar Bento XVI, para que as ovelhas fossem dispersas (os fies). A partir de agora haverá uma grande confusão e divisão dentro da igreja católica e no mundo todo, e no meio desta confusão surge o anticristo apoiado por Francisco, que aliás já declarou que o microchip (marca da besta) é benéfico para a humanidade, não existindo na Bíblia nada que impeça o seu uso (será que Francisco já leu o Apocalipse alguma vez?)

Outra missão suja de Francisco: promover o aborto e o homossexualismo no mundo. Estes dois pecados são abominações e dão poder à satanás. É por isso que tem dinheiro à vontade para promover parada gay no mundo todo e para praticar o aborto. No Brasil o próprio governo paga o médico para a mulher que queira abortar. Recentemente Francisco afirmou que os católicos são “obcecados” com o aborto e o homossexualismo. Sublimarmente ele disse: “esqueçam aborto e homossexualismo”. Aliás, quando esteve no Brasil Francisco não fez nada para evitar o aborto, cuja lei já estava pronta, e que agora foi assinada por Dilma.

Francisco está usando mensagens sublimares, para blasfemar contra a igreja, para ser mais claro, para avacalhar mesmo com ela.

Quando perguntado pela repórter o que achava do lobby gay dentro do vaticano, Francisco respondeu: “ser gay não tem problema”. E deu uma grande pausa. E depois continuou: “o problema é o lobby gay”.

A mensagem sublimarmente passada: o homossexualismo está liberado. Resultado: explosão do homossexualismo no mundo, tendo sido Francisco eleito o “homem do ano”, pela maior revista gay dos estados unidos. Eu já vi, na missa, vários casais gays se acariciando como se fosse a coisa mais normal do mundo. E ninguém pode falar nada, pois Francisco liberou, mesmo que sublimarmente.

Mas o pior de tudo é que Francisco está atentando contra o sacrifício de Cristo na Cruz. A blasfêmia maior de todas é a de negar o culto devido só a Deus para dá-lo às criaturas e ao próprio satanás.

Cristo derramou seu sangue na cruz para nos salvar. Foi para pagar o pecado de Adão e nos reconduzir ao Pai que Cristo se sacrificou por nós.

Agora, Francisco está anulando o sacrifício de Cristo. Recentemente ele disse: “não é preciso converter ninguém. Ajude o pobre e vá embora”.

Esta afirmação pode parecer bonita e caridosa, porém, ela elimina o sacrifício de Cristo.

Ajudar o pobre, o menor abandonado, o doente, a viúva desamparada e todos aqueles que precisam, é uma conseqüência do amor à Deus. Se amo à Deus, também amo ao meu próximo, e consequentemente o ajudo naquilo que ele precisa. Enquanto esteve na terra, Cristo ajudou intensamente os necessitados. Ajudar ao próximo é uma excelente atitude, que vai ajudar no nosso julgamento diante do Pai, pois “seremos julgados pelas nossas obras” (Rom 2-6).

Mas veja bem, o que salva não é a caridade. Jesus quando enviou os doze apóstolos disse: “Ide ao mundo e pregai o evangelho à toda criatura da terra. Aquele que crer e for batizado, será salvo, mas quem não crer será condenado” (Marcos 16-16).

Cuidado, você pode passar a vida toda fazendo caridade e ir para o inferno.

E é isso que o papa Francisco quer, lhe levar para o inferno. Ele quer tirar Cristo do centro e colocar os pobres, mas pobre não salva ninguém, quem salva é Cristo.

Outra armação pesada de Francisco: “todas as religiões levam a Deus”. Parece bonito não é mesmo? Assim sendo, você pode ir na macumba, que lá você irá encontrar a Deus também.

Mas pense nisto: só Cristo morreu na cruz, logo, o caminho para o céu, é somente através dele. Você já viu algum Buda crucificado? Maomé foi pra cruz? E Alan Kardec, passou por lá? Veja o que disse o próprio Jesus: Eu sou o caminho, a verdade e a vida;ninguém vem ao Pai senão por mim (João 14,6).

Repetindo o que disse Jesus:” Ninguém vem ao pai senão por mim”.

Cuidado: quando Francisco anunciar a criação da igreja ecumênica mundial, unindo todas as religiões, não caia na lábia dele. O que ele quer é lhe afastar de Cristo e levá-lo à Satanás.

Aqui novamente Francisco está querendo lhe levar para o inferno. Siga um caminho diferente ao de Cristo e você vai ver onde vai parar.

Aliás, recentemente Francisco disse que o inferno não existe mais. O que ele quer, é que você não creia mais na existência do inferno, para lhe mandar para lá.

“Roma perderá a fé, e converter-se-á na sede do anticristo". Sabe quem disse isto? Parece coisa de fanático, não é mesmo? Mas esta afirmação é de Maria, mãe de Jesus e nossa, em La salette, França em 1846, aparição reconhecida pela igreja. Veja a mensagem completa (http://www.rainhamaria.com.br/Pagina/366/Os-Segredos-de-La-Salette), você vai se surpreender.

Na verdade, a partir de La Salette, Maria antecipou o que iria acontecer no mundo. Em Fátima, Portugal, em 1917, Maria disse que o demônio se infiltraria até o vértice na igreja, além de ter previsto o fim da primeira guerra, a expansão do comunismo e o início da segunda guerra. Acredita-se que o fato do demônio ter chegado ao papado, faça parte do terceiro segredo de Fátima, que na verdade não foi divulgado.

Em Akita, Japão em 1973 Nossa Senhora disse: "O Diabo se infiltrará até mesmo na Igreja de tal um modo que haverá cardeais contra cardeais, e bispos contra bispos. Serão desprezados os padres que me veneram e terão opositores em todos os lugares. Haverá vandalismo nas Igrejas e altares. A Igreja estará cercada de asseclas do demônio que conduzirá muitos padres a lhe consagrar a alma e abandonar o serviço do Senhor".

Eu já vi dois padres, em uma emissora católica, em rede nacional, incentivar o casamento civil gay, e ainda citam as encíclicas do papa Francisco para justificar tal abominação. O que os padres não dizem, é que os afeminados vão para o inferno, pois “não vos enganeis: nem os impuros, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os devassos, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os difamadores, nem os assaltantes hão de possuir o Reino de Deus” (1Cor 6, 9-10), e também Apoc 21.8: Os tíbios, os infiéis, os depravados, os homicidas, os impuros, os maléficos, os idólatras e todos os mentirosos terão como quinhão o tanque ardente de fogo e enxofre, a segunda morte. Se você ler as mensagens marianas como La Salette, Akita, Fátima, Lourdes e outras, vai se surpreender com o que Maria tem dito. O problema é que Deus e sua mãe foram esquecidos por esta geração.

Assim sendo, o aviso foi dado. Muita coisa ainda vai acontecer daqui para frente. Fique atento pois Cristo realmente está voltando para instalar seu definitivo reino de amor. Não fique de fora.

Movimento de Resistência Católica Viva Bento XVI

Obs: Leia as postagens anteriores clicando em "Postagens Mais Antigas", no final do Blog ou "LEIA ARTIGOS ANTERIORES" e escolha o mês, abaixo.

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

A história taoísta do Papa Francisco

http://traditioninaction.org/bev/bevimages(150-199)/bev160-TAO-3.jpg
Monge Taoísta Liu Ming, doutor de Bergoglio na Argentina, em seu escritório em Buenos Aires
por Atila Sinke Guimarães
O PASSADO TAOISTA DE JORGE BERGOGLIO - Em sua edição de outubro de 2013, a revista TAO (Argentina) apresenta uma foto do Cardeal Bergoglio com um monge taoísta em sua capa. Uma manchete explica a foto: "Liu Ming, o médico oriental do Papa Francisco". Eu acho que, desencadeado por esta foto e o título, a edição on-line do Perfil [Spanish for Profile] organizou uma entrevista com Ming e publicou-a sob o título: "Francisco vai viver para ter 140 anos", diz o médico chinês. .
http://www.perfil.com/orinoco-files/media/images/raw/2013/11/07/liu-ming-el-medico-oriental-del-papa-francisco-en-el-vaticano-1107-g2.jpg
     Bergoglio com seu médico, um monge taoísta
A informação sobre Francisco no artigo de hoje é baseada nas respostas que Ming deu ao Perfil. Estou resumindo outros dados sobre o taoísmo de várias outras fontes.
Ming é um monge taoísta de 45 anos que se mudou da China para a Argentina há 10 anos. Ele foi encarregado dos problemas de saúde de Jorge Bergoglio durante os oito anos anteriores à sua eleição como Papa.
Taoísmo em pílulas
A filosofia da religião Ming, o taoísmo, prega que uma energia fundamental forma o universo. Tao é um nome que identifica simultaneamente a misteriosa origem do universo e a força motriz que está presente por trás de tudo o que existe. O universo está em evolução cíclica. Tao é imanente em cada indivíduo. Tudo está inter-relacionado com essa energia universal para alcançar a harmonia.
http://traditioninaction.org/bev/bevimages(150-199)/bev160-TAO-2.jpg
https://moimunanblog.files.wordpress.com/2013/10/image42.jpg?w=639
Revista TAO: Liu Ming oferece previsão do futuro, segredos da medicina chinesa e comida
Esta energia tem duas matrizes, o macho, o preto, o Yang e a fêmea, o branco, o Yin. A interação dessas energias supostamente produziu tudo o que existe.
Quando os indivíduos vivem espontaneamente, eles seguem o processo harmônico da evolução e tudo corre bem. Quando alguém é egocêntrico e quer impor sua vontade, aparece um obstáculo nesse fluxo de energia e há uma interrupção do processo. Essa interrupção pode causar problemas sociais ou individuais.
O naturalismo, a espontaneidade e a simplicidade são essenciais para que uma pessoa esteja perfeitamente em sintonia com a energia Tao universal. As três principais "virtudes" do taoísmo, também chamadas de "três pérolas", são a compaixão, a moderação ea humildade.
Portanto, quando uma doença ocorre em uma pessoa, a medicina taoísta - a conseqüência imediata dessa filosofia da religião - considera que o defeito físico do corpo é causado por uma obstrução da energia universal de Tao que deve fluir naturalmente através dessa pessoa. Quando a pessoa dá curso livre à força iminente dentro de sua alma, ele restaura o equilíbrio energético quebrado e restaura a saúde do órgão doente.
Junto com astrologia, adivinhação e remédios, o taoísmo desenvolveu práticas para alcançar a longevidade e até a imortalidade. Essas práticas são transmitidas principalmente da boca para a orelha e não estão nos livros.
http://traditioninaction.org/bev/bevimages(150-199)/bev160-Laozi.jpg
O deus Laozi é adorado no taoísmo como a encarnação da suprema pureza ...
Bergoglio "milagrosamente" curado por Ming
O cardeal de Buenos Aires costumava ter muitos problemas de saúde. Ele era diabético, tinha cirurgia da vesícula biliar e problemas constantes do fígado. Além disso, ele sofreu cirurgia pulmonar e graves problemas cardíacos. Uma equipe de médicos que o examinaram prescreveram cirurgia cardíaca o mais rápido possível. Jorge Bergoglio estava tomando medicação para cada um desses problemas.
Nesta situação crítica, ele ouviu falar sobre o monge taoísta Liu Ming através de um padre que era um de seus clientes. Jorge chamou Ming e disse: "Eu gostaria de agendar algumas consultas médicas". Ming foi vê-lo na Catedral e, em breve, o taoísta foi lá três vezes por semana. Esta foi em 2004. Gradualmente, foram necessárias menos visitas. No final de três anos, Ming via Bergoglio apenas a cada três semanas.
O tratamento consistiu em sessões de acupuntura e massagens seguindo os métodos da medicina taoísta. Ming explica: "Eu sempre digo que, com a medicina chinesa, você pode viver 140 anos, temos dois mundos: o interno e o externo. A medicina tradicional mira o externo, mas não considera que temos soluções para tudo em nosso próprio corpo. Isto é o mundo interior ".
O monge aplicou seu conhecimento taoísta a Bergoglio, que curou de seu problema cardíaco e de todas as doenças que ele possuía. Ele parou de tomar todos os medicamentos e hoje ele permanece saudável, ao aplicar o que aprendeu com esse monge.
Com relação à cura espetacular do coração de Bergoglio, Ming explica: "Foi em 2005, quando uma nova eleição papal estava se aproximando, que os médicos desejavam que ele fosse submetido a uma cirurgia, mas ele não queria. Por meio de meu conhecimento, seu sangue começou a circular melhor nas artérias, que estavam obstruídas, tudo o que fiz foi redirecionar a energia do corpo, depois disso, ele [Bergoglio] tinha plena confiança em mim.
Seus médicos, todos orgulhosos, ficaram um pouco ressentidos, exceto por uma médica que veio aqui para aprender medicina chinesa comigo; ela é Graciela Rodriguez. "
A missão de Bergoglio no novo ciclo taoísta
O jornalista perguntou: "Você falou sobre a filosofia oriental? Ele estava interessado (Bergoglio) nisso?" Ming respondeu: "Sim, nós trocamos livros, por exemplo, ele me deu I Ching (O libro de los Cambios) em espanhol. Eu o uso para dar cursos em Buenos Aires ".
https://www.lumendelumine.cz/uploads/images/Francesco/medico-chino-papa-francisco-.jpg
Ming também disse o seguinte sobre Bergoglio: "Ele é uma pessoa muito forte e saudável que saberá como cumprir sua missão". Um novo ciclo começou neste mundo no final de 2012. Isso acontece a cada 8.000 anos. Este mundo é horrível, mas um melhor virá. , e o fato de Bergoglio ser o Papa está relacionado a essa mudança positiva ".
O entrevistador perguntou: "Você acha que pode fazer isso?"
O monge respondeu: "É verdade, é alguém que tem a difícil tarefa de guiar muitas pessoas, mas ele faz isso sem ego e isso é raro de encontrar". Nós somos enviados [para uma missão], não somos os donos. Nós somos mais que um instante na Terra e devemos ser respeitosos com isso. Bergoglio pensa muito claramente [sobre isso], ele é um grande sábio, assim como a cultura chinesa ".
Então, Ming declarou que Francisco o telefonou do Vaticano em 8 de setembro de 2013: "Doutor Liu Ming? Doutor Liu Ming? Jorge falando ... Papa Francisco ..." Sabendo que Ming estava planejando viajar para a China, Francisco lhe pediu que ele parasse no caminho para vê-lo no Vaticano. Ming concordou em fazê-lo.
Conectando os pontos
Talvez essa afiliação do Papa Francisco com a medicina taoísta - filosofia-religião possa nos dar uma chave para entender melhor muitas de suas novidades na fala e na ação.
Quando Francisco afirmou que "acreditava em Deus, mas não no Deus católico", ele não estava se referindo implicitamente a Tao, o deus chinês supostamente imanente em todos os indivíduos, que se identifica com a energia do universo?
Durante os primeiros sete meses de seu pontificado, ele está liberando sua espontaneidade, tão imprópria de um Soberano Pontífice, para praticar um dos principais requisitos do taoísmo? Se pratica a sua simplicidade e humildade bem divulgadas para seguir as "virtudes" do taoísmo em vez das virtudes católicas?
Estou propondo essas possibilidades não porque sejam necessárias para me convencer de que Francisco é revolucionário. Penso que é revolucionário porque, tanto quanto posso ver, quer destruir a Igreja Católica como foi desde o Vaticano II. Seus princípios fundamentais são os do progressivismo, que conquistou a Igreja de João XXIII em diante. Portanto, estou convencido de que Francisco é um progressista total. No entanto, é revelador que este Papa progressista tenha relações tão íntimas com o taoísmo.
O Espírito Santo nos ensina nas Escrituras que - omnes dii gentium daemonia - todos os deuses dos gentios são demônios (Salmo 95:
Bergoglio, portanto, parece ter um relacionamento muito bom com seu "deus não-católico" que o habita. Em tais circunstâncias, ele foi "milagrosamente" curado pelo monge taoísta  através de suas artes diabólicas.
Conectando o último ponto: Não poderia ser que o olhar magnético que Francisco mostra às vezes reflete a presença de seu amigo Tao-Diablo que está alí, bem estabelecido em sua alma, comandando o show?
Fonte: http://religionlavozlibre.blogspot.com.br/2018/01/el-historial-taoista-del-card-bergoglio.html
--------
Mensagem para os Agnósticos e Ateus
Quinta-feira, 18 de novembro de 2010, 21h00.
Para aqueles que reivindicam não crer em Mim, Eu tenho que dizer isto. Fazei esta pergunta a vós mesmos: Vós conseguis lembrar-vos daquilo que fizestes? Pensai no passado, quando fostes crianças, quando acreditáveis em Deus. Não importa qual a religião que os vossos pais seguiam. Será que vós acreditastes? O que mudou? Foi a influência de outras pessoas? Disseram-vos que havia uma resposta racional para a vossa existência?
Tem sido difícil para os Meus filhos, desde o início dos tempos, aceitarem outra existência além desta. No entanto, olhai ao redor do mundo, verificai as maravilhas da Criação do Meu Pai Eterno. O sol, a lua, o mar, os rios, as plantas, os animais e todas as maravilhas da criação, e respondei a isto. De onde veio tudo isso? Vós acreditais realmente que tudo surgiu de outra coisa que não de um Ser Superior? Ficai advertidos, quando ouvirdes as mentiras espalhadas por adivinhos, chamados contadores do destino, que existem no Movimento Nova Era. Eles estão a ser levados para o que eles acreditam ser a verdade, no entusiasmo da vida que lhes foi prometida na nova era. Esta era, na qual foram levados a acreditar, é um novo paraíso. Um modelo controlado pelo homem, o glorioso centro do universo. É uma falsa doutrina. Muitas pessoas de Deus, incluindo crentes, erroneamente confundem a sua crença nesta doutrina com a da Luz.
Eles estão a ser conduzidos pelos demônios. Alguns, eles sabem quem são. Outros não. Orai para que eles vejam a Verdade antes de continuarem o seu caminho fútil vazio.
Aos ateus Eu digo isto. Eu amo-vos, não importa quanto Me ofendeis. Aos ateus que estais a ser levados e influenciados por outras crenças, parai e pensai. Na vossa persistência de seguirdes um raciocínio artificial, vós sois simplesmente crentes noutra fé. A crença de que o homem está no controle. Ele não está. Eles são ainda as mesmas pessoas. Porque lutaria Eu, Meus preciosos filhos, por estardes a ser encorajados a seguir Satanás, o Enganador e inimigo da humanidade. Perguntai aos Ateus, que exercem forte pressão sobre os filhos de Deus, porque é que o fazem?
Simplesmente, não é suficiente negarem-Me? Por que mentem essas pessoas? Muitos desses grupos ateus têm uma agenda para atrair e seduzir os Meus filhos para uma falsa doutrina. Não vos enganeis na vossa crença, é outra forma de religião. Uma religião que exalta o poder da razão, inteligência e orgulho. Eles imitam os verdadeiros traços de Satanás. Eles, e a sua cegueira, seguem outra fé – a adulação das Trevas, onde não existe amor.
Tão arrebatados são esses ateus, tão orgulhoso da sua religião, que eles não compreendem que o que eles sustentam é uma outra religião – a religião do Enganador, a qual ri da sua estupidez.
Ateus, ouvi-Me pela última vez. Voltai atrás, para as Escrituras, agora. Examinai o Livro de João e considerai a Verdade, como ela começa a revelar-se agora. Os eventos não vos parecem reais agora, como quando os sofreis e testemunheis ao serem apresentados diante de vós, tal como são, camada sobre camada.
Não podeis vós ver que a Minha Palavra, a Minha Profecia, predita há muito tempo, pode ser a Verdade? Abri os vossos olhos e falai Comigo uma vez, como segue:
“Deus, se Vós sois a Verdade revelai-me o sinal do Vosso Amor. Abri o meu coração para receber orientação. Se Vós existis, deixai-me sentir o Vosso Amor para que eu possa ver a Verdade. Orai por mim, agora”.
Como Eu vos chamo, uma última vez, Eu digo isto. O Amor não é feito pelo homem. Vós não podeis vê-lo, mas vós podeis senti-lo. O Amor vem do Pai Eterno. É um Dom para a humanidade. Ele não vem da escuridão. A escuridão que vós sentis é desprovida de amor. Sem amor verdadeiro não podeis senti-lo. Vós não podeis ver a Luz. Vós não podeis ver qualquer futuro. Eu sou a Luz. Eu sou o futuro. Trago-vos glória e vida para sempre. Orai agora e pedi a Minha ajuda. Fazei isso e Eu vou responder-vos e envolver-vos nos Meus Braços.
As Minhas lágrimas de alegria vão salvar-vos, quando vos tornardes de novo Meus filhos amados. Vinde e uni-vos Comigo no Paraíso.
O Vosso Amado Salvador, Jesus Cristo.
Fonte:http://olivroselado.blogspot.com.br/2013/06/mensagens-novembro-2010.html
Mensagem da Santíssima Virgem Maria à Sua amada filha Luz de Maria


http://www.catholictradition.org/Saints/saints-special10b.jpg
https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcSj7G03Nirb0kJzjr-AHrMLe3zN3KXWTcUuWatpO1DCOdK2Da6h
Amados filhos do Meu Coração Imaculado:
Sois o povo do Meu Filho, o povo que é abençoado por viver, agir e atuar na Vontade Divina.
Cada um vale a Vida Eterna! Daí o Meu apelo constante para reavivar voluntariamente o Amor do Meu Filho que habita em vós e assim consigam ser instrumentos dóceis nas mãos do Oleiro Divino.
Caem, tropeçam, se levantam e continuam a cometer erros graves, recusando-se a encontrar os ensinamentos que estão implícitos em cada tropeço, voluntário ou não. É o homem que cai e continua dentro dos mesmos erros por não reconsiderar.
Não conhecem, não gostam, não querem, não anseiam o Amor do Meu Filho, pensam que amam o Meu Filho. Convido-vos a olhar no seu interior, convido-vos a olhar para as suas obras e suas ações...  Sois Templos do Espírito Santo! (cf. I cor. 3,16).
Um grande mal corrói o organismo espiritual do homem, enfraquece-o, leva-o a ser fraco em todos os aspectos da vida.
Um grande mal conduz à estagnação do homem no crescimento espiritual.
Um grande mal é mantido escondido do sofredor e quando ele sai, há devastado os irmãos, há destruído, há separado, há desunido, há machucou outros irmãos e a quem o sofre ...
O homem que sofre este mal aponta para os irmãos, mas não reconhece seu ato maligno ou proceder. Esse é o grande mal no homem deste instante, ele não deseja ser corrigido, não permite que lhe indique um erro, uma vez que está para viver o Evangelho na sua conveniência, mas como os fariseus, apontam mas não aplicam em suas vidas o que pregam (cf. mt 23, 1-3).
Este grande mal é o orgulho (cf. Jo. 2,16; Prov. 14,3, 11,2).
É o mal que envenena lentamente o homem, já que quem sofre não aceita que sofre, porque não olha para si mesmo.
Como Mãe, desejo que se analizem e reconheçam se sofrem destes males:
-Não estão sujeitos a nenhuma diretriz?
-Impõem sua vontade apesar do fato de que isso significa perder aqueles que formam o seu metro quadrado?
-Não cumprem o que expõem diante dos outros?
-Exigem de seus irmãos, mas não consigo mesmo?
-Tem que manter sempre o primeiro lugar e levar a fio em tudo no que se envolve?
-Culpam aos outros dos erros que cometem?
-Não pedem perdão e são implacáveis?
-Gostam de se sentir amados e admirados, mas não são capazes de amar nem de admirar um irmão?
-São parciais no que lhes convém?
-Não cedem ante os pensamentos de outros irmãos? ...
Quantas páginas seriam detalhadas para serem analisadas!...
O priorizado relacionado com o irmão, à fraternidade...
Amados filhos, viveis com tantas deficiências espirituais quando não se preocupam em serdes melhores. Cada momento os leva a engrandecer o "ego" e imunizar-se contra o AMOR.
Aquele que rejeita o Amor afasta-se da fonte da Santíssima Trindade. A falta de Amor leva à impiedade, ao mal-estar, para as deficiências em todos os campos e, portanto, quem mantém esta falta essencial na vida, para que deixe as cadeias que o impedem de possuir um coração de carne, para perdoar ou perdoar-se, tem que propor-se a um firme propósito de emenda, para que assim consiga possuir asas espirituais para voar nas alturas.
Amados filhos do Meu Coração Imaculado:
O demônio não ama o bem, não quer que você mude o que lhes amarra e lhes impede de andar.
A estratégia do demônio é alimentar a falta de amor, alimentar a arrogância, a impiedade, o desrespeito às normas. O demônio tem o prazer de vê-los transgredir a Lei de Deus, agrada-se que você seja transformado em criaturas que machucam, chicoteiam, matam e destruam seus irmãos.
Amados filhos do Meu Coração Imaculado, em meio à fome, da dor, da doença, dos sacrifícios, da espera, da angústia do tropeço, do egoísmo dos demais, dos maus tratos, das acusações, da injustiça ... Vocês tem o que carece a aqueles que lhes oprimem, encorajados pelo mal.
Possuem o grande tesouro do Amor, que conquista o que o homem acredita ser impossível (cf. Col 3,14; I cor 13,2 e 13).
O Amor faz ao pequeno, grandioso; Para o aparentemente desnecessário, necessário; Para a enfermidade lhe dá o alívio; Para o sacrifício, a sua recompensa; Para a angústia, a calma; Vence o egoísmo. Fornece-lhes o bálsamo que o Amor Divino dá àqueles que os amam...
A falta de amor neste momento é o resultado da rejeição contínua que Satanás injetou na mente de alguns dos Meus filhos em relação ao irmão,porém mais grave ainda, em direção ao Divino.
As más instruções e os conceitos permissivos e inadequados de algumas ideologias endureceram os corações para se manifestarem contra tudo o que é bom e, assim o demônio conseguiu que o homem enlode o que é Sagrado.
O demônio teme o bem e, vós ao não atuar ou não agir no bem, se tornam condutores do mal. Deveis estar cientes disso e não servir para expandir o mal, mas, pelo contrário, sejais vós aqueles que expandem o bem para toda a Criação.
Olho para Meus filhos procurando contentamento nos bons propósitos que se formam na mente. Isso chega a ser dolorosamente uma abstração espiritual, tudo permanece no intelecto e não o realizam concretamente, não tendo uma vontade forte e determinada para tornar o propósito um pensamento constante e forte, que se concretize em um ato real. Vivem na ambiguidade da interpretação em sua conveniência.
Amados filhos do Meu Imaculado Coração, nutram-se do bem, procurem o bem, tenham fome do bem e tenham sede para compartilhar o bem com seus irmãos.
Lhes chamo a conhecer Meu Filho em profundidade, se não verem Meu Filho em seu irmão, não conhecerão Meu Filho em profundidade.
Este é o momento de pôr em prática o que diz a Sagrada Escritura (cf. I Tim. 3,16).
Se encontram particulamente neste instante entregues ao que o mal tem tramado para arrastar a humanidade para a perda da vida eterna.
Sejais fortes no amar, como Deus vos ama, e débeis no amor que o mundo vos ensina (cf. Jo. 3,16).
Amados filhos do Meu Coração Imaculado, a Natureza arrasa a terra com força. A terra estremece fortemente como se quisesse desalojar o mal.
Os Estados Unidos continuam a sofrer e a Europa continua a ser atingida pelo terrorismo.
Itália e Espanha sofrem pelo homem e pela Natureza.
O mar se agita, a barca se agita, a oração é necessária.
Meus amados, não vos revelo essas palavras para que as leiam e as esqueçam, mas para que as coloquem em prática e assim sejam mais de Deus e menos do mundano (cf. Sant.1,22).
Meu Coração é um refúgio para o homem.
Não temam, Eu intercedo por vós, vos abençoo.
Mãe Maria
Ave Maria Puríssima, sem pecado concebida
Ave Maria Puríssima, sem pecado concebida
Ave Maria Puríssima, sem pecado concebida
Fonte: https://www.revelacionesmarianas.com/index.htm
Chile. As vítimas respondem ao Papa Francisco: "Outra manchete barata. Chega de perdões; queremos mais ações"

http://www.periodistadigital.com/imagenes/2018/01/16/laicos-de-osorno-en-santiago.jpg


A reportagem é de Jesús Bastante, publicada por Religión Digital, 16-01-2018. A tradução é de André Langer.
"Não posso deixar de expressar a dor e a vergonha que sinto perante os danos irreparáveis causados a crianças por ministros da Igreja. É justo pedir perdão e apoiar, com todas as forças, as vítimas". As primeiras palavras do Papa Francisco no Chile foram um pedido de perdão pelos abusos sexuais cometidos por sacerdotes e um compromisso com aqueles que sofreram nas mãos de predadores revestidos de autoridade. Isso é suficiente para as vítimas?
Parece que não. E ainda mais depois que os organizadores da visita papal ao Chile não deixaram espaço para um encontro do Papa com as vítimas da pedofilia, muito ativas em suas mobilizações, especialmente no caso do bispo Juan Barros Madrid. Um Barros que, por sinal, participou da missa no Parque O'Higgins. O polêmico bispo de Osorno foi visto várias vezes durante a transmissão.
Enquanto isso, a comunidade de Osorno conseguiu entregar uma carta ao Papa Francisco, através do presidente da Câmara dos Deputados, Fidel Espinoza, em que lhe pedem para reverter a nomeação episcopal de Barros, por acobertar os abusos de Fernando Karadima.


http://www.imaculadamaria.com.br/z1img/27_03_2015__16_26_4491715d6ec72cc451ec820146359a0c370fadf_640x480.jpg

O parlamentar entregou a carta ao Papa através do secretário de Estado, Pietro Parolin, durante a cerimônia no Palácio de La Moneda, e ressaltou que são necessárias "ações mais concretas". Para o deputado, Francisco "está mal informado sobre a comunidade de Osorno", que convocou vários protestos em Santiago, assim como em Temuco e Iquique, esperando que Bergoglio rompa o protocolo e ouça seus pedidos.
A verdade é que as vítimas de abusos não se convenceram da sinceridade das palavras do Papa. Assim, para Juan Carlos Cruz, uma das vítimas de Fernando Karadima, trata-se de "outra manchete barata". "O Papa pede perdão por abusos em La Moneda. Outra boa manchete que arranca aplausos e fica nisso. Outra manchete barata. Chega de perdões; queremos mais ações. Os bispos acobertadores continuam aí. Palavras vazias. Dor e vergonha, é o que sentem as vítimas", escreveu no Twitter.
O porta-voz dos leigos de Osorno, Juan Carlos Claret, por sua vez, disse que as palavras do Papa deixaram-no "com sabor de nada". Este grupo reuniu-se em diferentes lugares da passagem do papamóvel, com cartazes que dizem: "Nem esquerdistas, nem estúpidos. Osorno sofre. Dom Barros, acobertador".
Em declarações ao jornal La Tercera, Claret disse que "o Papa pediu perdão, mas não há mudanças. Os bispos não estão sendo removidos". "Estamos protestando com um grande sacrifício de tempo e dinheiro para que não nos ocultem. Tentou-se deliberadamente encobrir essa realidade", criticou.

http://www.periodistadigital.com/imagenes/2018/01/16/juan-barros-durante-la-misa.jpg

Finalmente, a esposa do ex-presidente Eduardo Frei qualificou como "vergonha" o fato de que o bispo Osorno participasse da missa papal. Em sua conta no Twitter, Marta Larraechea juntou-se às críticas. "Barros participa da cerimônia no Parque O'Higgins, que vergonha! Do que o Papa pede desculpas?", disse Larraechea. "Não acredito em nada do que ele diz; ele diz uma coisa e faz outra".
O bispo de Osorno, por sua vez, disse no final da missa que "muitas mentiras foram ditas sobre mim", e apontou que mantém um bom relacionamento com o Papa Francisco. Barros disse não conhecer a carta do Papa na qual recomendava que tomasse um ano sabático, e sublinhou que "a verdade é muito importante e deve prevalecer (...) Eu continuo a serviço da Igreja". Na sua opinião, a visita do papa "não será manchada" por esse escândalo.
Por outro lado, pelo menos 20 pessoas foram presas durante a "Marcha dos Pobres" realizada em Santiago, que tentava chegar ao Parque O'Higgins, onde o Papa Francisco presidiu uma missa campal com a presença de centenas de milhares de fiéis, informaram fontes oficiais.
Com cartazes que diziam "Papa: os pobres marcham contra as migalhas desta democracia" ou "Um cúmplice que ajuda e protege o estuprador não pode dar a paz", a manifestação, convocada para as 9h local, foi interceptada pela polícia quando avançava pela Avenida Matta, em direção ao local de celebração da missa.
Fonte: http://www.ihu.unisinos.br/575292-chile-as-palavras-do-papa-nao-servem-se-nao-vem-acompanhadas-de-acoes-afirma-vitima-de-abuso-do-padre-karadima
----------
Chile. "As palavras do Papa não servem se não vêm acompanhadas de ações", afirma vítima de abuso do padre Karadima
17 Janeiro 2018
Quem foi uma das vítimas de abuso do sacerdote Fernando Karadima diz que o Pontífice deve agir com gestos concretos.

https://cdn4.uvnimg.com/dims4/default/0402de8/2147483647/crop/3011x1695%2B0%2B536/resize/1240x698/quality/75/?url=https%3A%2F%2Fcdn1.uvnimg.com%2F8a%2F20%2Fe31149904cceb5bead0e4835e13b%2Fsacerdotechileno.jpg
Fernando Karadima no tribunal

A reportagem é de V. Rivera, publicado pela La Tercera, 01-16-2018.
As palavras sobre a "vergonha" e o "perdão" que o Papa entregou em La Moneda não chegaram a José Andrés Murillo, diretor da Fundação para a Confiança e uma das vítimas de abuso do padre Fernando Karadima. O discurso, para Murillo, deve ser acompanhado de gestos concretos.
As palavras de perdão do Papa pareciam suficientes?
Como diretor da Fundação para a Confiança, onde trabalhamos há muito tempo com pessoas vítimas, parece-nos que o Papa tem todo o poder no mundo hoje para suspender ou remover todos os sacerdotes sobre os quais há pelo menos uma suspeita de que abusou sexualmente de um menino ou de uma menina. Além disso, tem todo o poder de remover todos os bispos e superiores das congregações que não fizeram o suficiente para evitar o abuso, até o cobriram. O Papa tem todo esse poder, e se as palavras de perdão, dor e vergonha não são acompanhadas de ações concretas, elas são inúteis.
Essa mensagem não repara em nada o mal causado?
As palavras não precisam ser reparadoras, o que se espera são ações. Estas palavras do Papa não são a primeira vez que ele diz. Não é a primeira vez que pede perdão, que ele tem lágrimas e vergonha: aqui, repito, as palavras, se não forem acompanhadas de ações, não valem nada e isso é super claro. Não é que sejam suficientes ou não, as palavras não funcionam se não forem acompanhadas de ações concretas.
E com base nisso, o que você acha que o bispo Fernando Barros estava na Missa do Parque O'Higgins?
Não é apenas uma contradição, mas uma agressão, sobretudo para o povo de Osorno, que pede que um bispo legitimamente ético possa liderá-los. É uma comunidade que busca um bispo para acompanhá-los e não aquele que os trata mal, que também não os representa para nada. Além disso, o bispo Barros foi questionado por ser uma das mãos certas de Karadima, onde ele passa de ser vítima a cúmplice de abuso sexual e é o que o Papa deve tomar em consideração para removê-lo e não fazê-lo e dizer que está  muito ferido pelo abuso sexual infantil e dar sinais agressivos às pessoas que pedem maior transparência, não é apenas contraditório, mas agressivo.
O fato de ter pedido perdão em La Moneda, e não no Parque O'Higgins, pelo menos lhe parece forte?
Parece-me que é um sinal de relações públicas, de marketing, e não de políticas reais de transformação. Esperamos que não haja nomeação de um superior, congregação, diocese e que esta pessoa não tenha apenas um currículo sem defeito, mas tenha demonstrado publicamente um trabalho transparente na proteção das crianças.
Na última semana, houve muita conversa sobre casos de abuso que estão ligados aos sacerdotes. Foi estabelecido que era uma quantia perto de 80 pessoas, mas a Igreja nunca se encarregou dessas figuras ...
Penso que é grave que uma organização tão grande como a Igreja Católica, onde o seu trabalho está diretamente relacionado com meninas e jovens, com pessoas vulneráveis, não possui uma política de tolerância zero. Por exemplo, hoje, assim como o presidente (dos EUA) Trump tem o botão vermelho das bombas, o Papa tem o botão roxo para remover os cardeais e bispos que não forem transparentes, neste momento.
Fonte:http://www.ihu.unisinos.br/575292-chile-as-palavras-do-papa-nao-servem-se-nao-vem-acompanhadas-de-acoes-afirma-vitima-de-abuso-do-padre-karadima
A OPOSIÇÃO AO PAPA FRANCISCO ESTÁ CADA VEZ MAIS OSTENSIVA, RESOLUTA E INDISPOSTA A CEDER À PRESSÃO!



Levando-se em conta pelo andar da carruagem, faltaria pouco ao papa Francisco declarar a partir dele que estaria com outra doutrina - embora ele tenderia a se manifestar apenas por meio de terceiros, seus adjuntos - levando-se em conta que desejaria arranjar até um novo esquema religioso do modelo que classificaríamos de LIQUIDO, apropriado ao momento, assim como têm sido os sectaristas “evangélicos"!

Aliás esses, além de serem possuidores até de igrejas dedicadas a sodômicos, incluiram nesse pacote relativista até uma fraudulenta edição da biblia adaptada a contemplar o multiforme gayzsimo, reformulada em laboratorios de engenharia social associada à modernidade mutante imersa nos falsarios “multiculturalismo, na diversidade e na tolerancia” etc., e o dirigente dessa seita demoníaca, ainda usando as S Escrituras de forma indevida, falsificadas para justificarem seus gravíssimos erros comportamentais; assim, o "pastor" e fundador desse troço ainda escandalizando ao ser sodomita, ajuntado a outro homem!

Ter-se-ia impressão de a sociedade atual material-ateizada preferenciar viver num mundo “líquido” onde tudo se torna incerto, ainda por cima sendo bombardeada o tempo todo pela midia globalista desejosa de a escravizar e transformar a cada um num alienado politicamente correto, domesticado e dócil às normas da Ditadura do Relativismo!

Dessa forma, hoje em dia temos certeza apenas que o precário e o provisório estão garantidos, assim como o incerto que são os incensados em nome de uma pretensa "liberdade", embora contrariamente adversos à estabilidade e firmeza da doutrina Igreja Católica de sempre, a da cruz de Cristo Jesus, a única que satisfaz e que toda a humanidade necessita sob pena de mergulhar-se no caos – embora doravante esteja conspurcada e lançada no precipicio pelos que deveriam por ela zelarem e nos precaverem das infindas ciladas do demonio nesse mundo em que a atuação desse é bastante perceptível!
A Igreja dispensa possuir grande número de crédulos, cristãos de fachada, apenas de assistencia às santas missas e muito católicos dentro do templo, enquanto do lado de fora comportam-se contrariamente, como os neopagãos, como membros dessa outra igreja que pretenderiam implantar à marginalidade à de sempre, apropriada aos superficial-subjetivistas, como sucede nas seitas alienantes protestantes ás centenas por aí, além de dissociadas umas das outras, desdenham-se entre si…
*http://igrejacontemporanea.com.br/site/index.php 
Isaac

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Lilianne Ploumen, ex-ministra do Comércio Exterior da Holanda, uma pró-aborto, foi homenageada pelo Papa Francisco, recebendo até medalha


13.01.2018 -
Lembrando que a Pontifícia Ordem Equestre de São Gregório Magno, foi criada em setembro de 1831, pelo Papa Gregório XVI. A honra da adesão à Ordem é conferida aos indivíduos por seu "serviço pessoal à Santa Sé e à Igreja Católica Romana, por meio de seus trabalhos incomuns, seu apoio à Santa Sé e seus excelentes exemplos apresentados em suas comunidades e seus países. (Aborto = excelente exemplo??)
n/d
Em 12 de janeiro, os  relatórios começaram a surgir no Twitter  que Lilianne Ploumen, ex-ministra do Comércio Exterior e Cooperação para o Desenvolvimento na Holanda, foi homenageada pelo Papa Francisco com o título de Comandante na Pontifícia Ordem Equestre de São Gregório Magno. 
O Instituto Lepanto conseguiu confirmar, a partir de uma transmissão de rádio holandesa, que Ploumen realmente recebeu a honra. Em um breve videoclipe promovendo a transmissão, Ploumen mostra a medalha ao dizer que ela recebeu do Papa.
Para dizer que Lilianne Ploumen é completamente "pro-aborto" é uma subavaliação extrema e nem se aproxima da realidade escandalosa de seu ativismo.
Em janeiro de 2017, depois que o presidente dos EUA, Donald Trump, reintegrou a Política da Cidade do México, Ploumen lançou uma nova ONG chamada para fornecer montantes em massa de recursos para organizações que não receberiam mais fundos do governo dos EUA. A Política da Cidade do México nega automaticamente o financiamento dos EUA para organizações internacionais que realizam ou promovem o aborto.
n/d
Referindo-se à Política da Cidade do México como uma "Regra global da mordaça", Ploumen afirmou que a intenção era continuar a apoiar os programas existentes administrados por organizações como o Fundo das Nações Unidas para a População (UNPFA), a Federação Internacional Planejada e Marie Stopes International. Ela disse: "Estes são programas eficazes e eficazes: apoio direto, distribuição de preservativos, garantia de que as mulheres sejam acompanhadas no nascimento e garantir que o aborto seja seguro se não tiverem outra opção".
Em julho de 2017, o programa de Ploumen  havia arrecadado mais de US $ 300 milhões .
Em outubro de 2017, Ploumen escreveu um  artigo para o Financial Times, no qual afirmou enfaticamente, "as políticas regressivas dos Estados Unidos sobre o aborto são uma calamidade para os direitos das meninas e das mulheres que o resto do mundo deve contornar".
Ironicamente, apenas alguns dias atrás,  Ploumen foi premiado com o Prêmio Machiavelli  "por sua campanha para o fundo de aborto seguro".
Mas a atividade anti-católica de Ploumen não se restringe ao aborto. Em setembro de 2017,  Ploumen participou do Grupo Núcleo LGBTI das Nações Unidas. Ploumen observou que "os direitos LGBTI são direitos humanos".  Em suas  observações de abertura , ela disse:"Não podemos ser complacentes. Hoje em mais de 70 países, a homossexualidade ainda é criminalizada ... o estigma contra pessoas LGBT continua em todo o mundo".
A Pontifícia Ordem Equestre de São Gregório Magno foi criada em setembro de 1831 pelo Papa Gregório XVI. A honra da adesão à Ordem é conferida aos indivíduos por seu "serviço pessoal à Santa Sé e à Igreja Católica Romana, por meio de seus trabalhos incomuns, seu apoio à Santa Sé e seus excelentes exemplos apresentados em suas comunidades e seus países.
Resta saber o serviço oferecido pela Lilianne Ploumen para a Igreja Católica ou a Santa Sé, dado o seu firme apoio à homossexualidade, ao aborto e à contracepção. Dado que a única coisa em que Lilianne Ploumen é conhecida no ano passado é o estabelecimento de um fundo que fornece centenas de milhões de dólares a organizações que cometem aborto e dispensam contracepção, é difícil, senão impossível, separar seu recente Pontifício Honra deste ato doloroso e escandaloso.
Fonte: www.lifesitenews.com  (artigo traduzido)
A Igreja de Deus nunca terminará, porque Deus é a Igreja!



http://www.mygodpictures.com/wp-content/uploads/2015/02/Lord-Jesus-Christ-Standing-In-Heaven.jpg
Jubilosos, jubilosos oh filhos de Deus!
Obrigado pelo vosso amor por Mim, vos concederei todos os vossos desejos por Mim, vos farei brilhar com Luz e Amor e vos colocarei no Meu Sagrado Coração para sempre.
Jesus pede a Seus amigos, fidelidade e amor, caridade em todas as coisas, oração e constância à Santíssima Eucaristia.
A Luz do mundo está nesta Casa, onde os filhos da Luz se hospedam para orar e aguardar a Palavra de seu Deus de Amor.
Permaneçais no Amor e sereis amor no Amor e estareis no Meu próprio Amor, porque Eu vos farei igual a Mim, e vos levarei para sempre em Mim.
Minhas queridas criaturas, oh vós que Me procuram e Me imploram, em breve sereis conhecedores de Mim e estareis cheios de Mim. Dou-vos o Espírito de Santidade e coloco-vos no Meu travesseiro para que possas deitar a cabeça e encontrar conforto. Eu estou em suas mãos, Eu estou convosco na missão confiada a vós, Eu estou com o Meu Povo fiel, aquele povo que entrarão na terra prometida.
A Igreja de Deus nunca terminará, porque Deus é a Igreja!
Deus é Amor perfeito!
Deus é aquele que administra tudo e coloca o bem, onde o bem não está!
A Minha doce e amorosa Mãe já está na Terra convosco, logo Ela se manifestará a vós em carne e osso e os levará pela mão e vos conduzirá para a vitória contra Satanás.
Livrarei Meus filhos das suas garras, eles serão vitoriosos em Mim e levarão Comigo o Cálice da Salvação, e Comigo celebrarão a grande festa da vitória contra o pecado.
Apagarei deste mundo, tudo o que não Me pertence, e renová-lo-ei em Mim, na Minha Divindade levarei o Meu Povo e caminharei com eles nos caminhos do amor infinito.
Em frente, não sejais como crianças, escutem e coloquem-se apaixonados por Mim, confiai em Meu Amor, e alegres em Mim ides e abençoais as pessoas.
Estamos no final desta era, estais prestes a conhecer a vida na Vida.
Eu vos abençôo e estou perto de vós em todas as situações, tenhais fé em Mim.
A Santíssima Trindade une-se nesta Santa Bênção a vós, leve-a também para vossas casas.
Fonte: http://www.colledelbuonpastore.it/anno-2018/gennaio-2018/2811-siamo-alla-fine-di-questa-era-state-per-conoscere-la-vita-nella-vita.html
Ex-muçulmanos pedem ao Papa Francisco para que “pare de se enganar” sobre o islã


http://exmusulmanschretiens.fr/wp-content/uploads/2017/12/cropped-cropped-1-2.jpg

Uma associação de ex-muçulmanos que se tornaram cristãos, com sede na França, publicou uma carta aberta endereçada ao papa Francisco. O documento, assinado por mais de 2800 pessoas identificadas nominalmente aconselha o pontífice a “rever sua atitude em relação ao Islã”. Eles pedem que o líder católico “pare de se enganar” e de defender quem deseja destruir a fé cristã.
“Muitos de nós tentamos entrar em contato com vossa santidade, em muitas ocasiões e por vários anos, e nunca recebemos o menor reconhecimento de nossos pedidos por uma reunião”, inicia o documento, para justificar por que decidiram fazer uma carta aberta.
Os signatários se identificam como pessoas que seguiam o islamismo, mas que, em algum momento, tiveram contato com o Evangelho, decidindo seguir a Cristo em vez de Maomé. Os termos da carta são bem objetivos:
“Permitam-nos dizer francamente que não entendemos os seus ensinamentos sobre o islã… porque você não menciona o fato de que o islamismo surgiu após Cristo, e portanto, só pode ser uma ideologia do anticristo (cf 1 Jo 2:22) e uma das mais perigosas?”.
Além de citar várias passagens bíblicas, os ex-islâmicos mencionam passagens do Alcorão: “Se o Islã é uma boa religião, como você parece ensinar, por que nos tornamos católicos? Suas palavras não questionam as bases da escolha que fizemos, mesmo pondo nossas vidas em risco. Você sabia que o Islã decreta a morte para os apóstatas (Suras 4:89 e 8:7-11)?
Eles dizem que a maioria dos membros de seu movimento são católicos e por isso sentem-se a vontade para procurar o papa em busca de respostas. “Para o Alcorão, os cristãos são ‘idólatras impuros’ (Sura 9:28), ‘o pior da criação’ (Sura 98:6), todos condenados ao inferno (Sura 4:48), e que devem ser exterminados por Allah (Sura 9:30). Não devemos nos enganar pelos versículos do Alcorão considerados tolerantes, pois todos foram revogados pelo versículo da espada (Sura 9.5)”.
Os membros do movimento explicam que não confundem o islã com os muçulmanos, pois nem todos são radicais, mas se Francisco insiste em defender que se trata de uma religião de paz isto é uma ingenuidade “suicida e muito perigosa”. Lembram ainda que, em diversas ocasiões Francisco endossou os ensinamentos do Alcorão, comparando-o com a Bíblia.
“Como você pode falar de paz e endossar o Islã? Quando o papa parece apontar para o Alcorão como um meio de salvação, isso não é motivo de preocupação? Isso significa que devemos voltar ao Islã?”, questionam.
Mencionando diversos trechos bíblicos sobre os falsos mestres, a carta segue dizendo “Os profetas sempre criticaram Israel por sua vontade de se aliar com forças estrangeiras, em vez de mostrar confiança total em Deus… Jesus nunca indicou outro caminho senão o da cruz, para que possamos encontrar a nossa alegria nele e não duvidarmos que somente a proclamação da verdade traz consigo tanto a salvação quanto a verdadeira liberdade (João 8:32). Nosso dever é testemunhar da verdade “a tempo e fora de tempo” (2 Timóteo 4:2), e nossa glória é poder dizer como Paulo: “decidi nada saber entre vocês, a não ser Jesus Cristo, e este, crucificado” (1 Coríntios 2.2).
Eles encerram pedindo que o Vaticano convoque, com urgência, um sínodo sobre os perigos do islã e fazem um apelo:
“O que restou da Igreja nos lugares onde o Islã se instalou? Nos países onde os cristãos ainda têm direitos civis, não podem evangelizar, negando assim a própria essência da Igreja… Se a Igreja tivesse a coragem de trazer à luz que todos argumentos apresentados pelo Islã para blasfemar na fé cristã são falsos, não temos dúvida que milhões de muçulmanos e outros homens e mulheres que buscam o Deus verdadeiro, se converteriam”.
Fonte:http://filhosdedeus.blog.br/ex-muculmanos-pedem-ao-papa-para-que-pare-de-se-enganar-sobre-o-isla/
Dom Alfredo Morselli: A igeja do Papa Francisco está dividida há muito tempo


http://www.lafedequotidiana.it/wp-content/uploads/2016/08/Morselli.jpg

Michele M. Ippolito
"Cisma de risco? O cisma existe há muito tempo ". É o que o famoso teólogo bolonhês e padre Dom Alfredo Morselli, signatário da Correctio Filialis ao Papa, afirma nesta entrevista sobre a entrevista recentemente dada pelo Cardeal Muller, Prefeito emérito da Congregação para a Doutrina da Fé.
Dom Morselli, em entrevista recente, o cardeal Muller falou sobre o risco de cisma na igreja, compartilha com ele?
"Eu não compartilho o risco de um cisma, porque o cisma já existe há muito tempo: há duas famílias espirituais, não como Müller declarou tradicionalistas e progressistas, mas católicos e modernistas. Não é possível que a mediação de que Müller pareça estar liderando (de fato, para uns e para outros, apesar de o Cardeal imaginar que uma parte o quer como um guia), porque medio stat virtus, sed non veritas: a verdade é aquela que é, não está no meio entre o certo e o errado”.
O que poderia concretizar-se neste cisma e quais as emergências? O que impulsiona para um cisma?
"Pode-se comparar um cisma com um terremoto, causado pelo movimento de duas falhas da crosta terrestre: por um lado, a pressão modernista que propõe a religião natural produto do pensamento criador da fé e da consciência criativa da moralidade (o Pensamento humano em vez da sabedoria divina); Por outro lado, a fé indefectível da verdadeira Igreja, que permanece no coração do simples, que dão sinais cada vez maiores de intolerância ao novo credo: os fiéis dedicados à Imaculada e que, portanto, se sentem, movidos pelo dom do intelecto, cheiram a heresia.
Alguns teólogos e historiadores como Melloni são insurgentes e criticaram Muller...
"Müller corretamente pede que sejam dadas respostas às dúvidas que a seita quer enterrar sem resposta, e que, portanto, se opõe aos que se opõem ao seu plano. Mas a verdade imortal não desceu ao túmulo com os falecidos Cardeais: permanece nos corações dos verdadeiros católicos. O último dificilmente pode ser reconhecido em Müller, quando, no ensaio introdutório de um livro recente de Rocco Buttiglione, ele adota a tese do filósofo, resumindo-o nestas palavras: "O que está em questão é uma situação objetiva de pecado que, devido a circunstâncias atenuantes, subjetivamente não é imputada ": o que equivale a dizer que há pecado, mas ninguém o faz".
É uma igreja em confusão e cheia de litígios?
"Há confusão entre os homens da Igreja: lembro-me de mudar a intervenção do cardeal Ottaviani, que sem chorar pelos erros sofridos e queixar-se da máfia curial, presente agora como hoje denunciou os erros que se espalhavam, a poucos meses de encerramento do Concílio. Foi o que os cardeais da dubia fizeram, aqueles que denunciaram inúmeros teólogos com vários documentos, mas o que - mesmo quando ele era o prefeito e deveria ter feito - Müller não fez : suas intervenções flutuantes aumentam a confusão sobre a qual ela fez a pergunta ".
Você falou algumas vezes sobre o inferno da igreja em que sentido?
"As três partes do segredo de Fátima aludem a três infernos: o inferno do indivíduo por pecados pessoais, especialmente a impureza; o inferno das nações, isto é, o comunismo e o relativismo que se espalharam da Rússia e ainda em plena floração, e o inferno da Igreja: o último descrito como uma grande perseguição com tanto sangue derramado. Um detalhe importante na terceira parte: o Papa também é atingido por setas, que, nas Escrituras, são também as armas dos traidores que atacam pelas costas. Essas traições poderiam representar a seita modernista, que afeta o papado por dentro. Poderíamos imaginar a possibilidade de que a "carne e o sangue" de um pontífice romano afetariam a própria instituição do papado? Deus não quer que isso aconteça ".
Fonte: http://www.lafedequotidiana.it/don-alfredo-morselli-nessun-rischio-scisma-lo-scisma-ce-gia-un-pezzo
Papa Bento: É possível criticar os pronunciamentos do Papa Francisco, e por vezes mesmo necessário.


https://1.bp.blogspot.com/-qyWvdzyl904/Wlod7c9yZBI/AAAAAAAAP2w/kEPABIrY8lQdQssT0FtGmRa0wcMfHj31ACLcBGAs/s640/bento112.jpg


Em 1969, o futuro Papa Bento XVI, então Pe. Joseph Ratzinger, escreveu que criticar as declarações papais era não só possível mas até necessário, sempre que o Papa pudesse desviar-se do depósito da fé e da tradição apostólica. O Papa Bento XVI incluiu estas observações na antologia dos seus escritos, 'Fede, ragione, verità e amore' de 2009. Tais observações, que agora publicamos abaixo traduzidas, são particularmente relevantes à luz da correção filial ao Papa Francisco:
«Devemos evitar especialmente a impressão de que o Papa (ou o ofício em geral) só pode reunir e expressar, de tempos em tempos, a média estatística da fé viva, para a qual não é possível uma decisão contrária a esses valores estatísticos médios (os quais, para além do mais, são problemáticos em sua verificabilidade).
A fé baseia-se nos dados objetivos da Escritura e do dogma, que nos tempos obscuros também podem desaparecer assustadoramente da consciência da maior parte do cristianismo (em termos estatísticos), sem perder de qualquer forma, contudo, o seu caráter obrigatório e vinculativo.
Neste caso, a palavra do Papa pode e deve certamente ir contra as estatísticas e contra o poder de uma opinião que pretende fortemente ser a única válida; e isso deve ser feito de forma tão decisiva quanto o testemunho da tradição é claro (como no caso apresentado). Pelo contrário, a crítica dos pronunciamentos papais será possível e até necessária quando carecem de fundamentação na Escritura e no Credo, isto é, na fé de toda a Igreja.
Quando não se tem o consenso de toda a Igreja, nem existem evidências claras das fontes, não é possível uma decisão vinculativa e definitiva. Se tal acontecesse formalmente, faltariam as condições para tal ato e, portanto, teria de ser levantada a questão quanto à sua legitimidade.» - Das neue Volk Gottes: Entwürfe zur Ekklesiologie, (Düsseldorf: Patmos, 1972) p. 144. Fede, ragione, verità e amore, (Lindau 2009), p. 400.
Como Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé e mais tarde como o Papa Bento XVI, Ratzinger continuou as suas reflexões sobre os limites do poder do Pontífice Romano para contrariar a imutável doutrina:
Cardeal Joseph Ratzinger, 1998:
«O Romano Pontífice está como todos os fiéis submetido à Palavra de Deus, à fé católica e é garantia da obediência da Igreja e, neste sentido, servus servorum. Ele não decide segundo o próprio arbítrio, mas dá voz à vontade do Senhor, que fala ao homem na Escritura vivida e interpretada pela Tradição; noutros termos, a episkopè do Primado tem os limites que procedem da lei divina e da inviolável constituição divina da Igreja, contida na Revelação. O Sucessor de Pedro é a rocha que, contra a arbitrariedade e o conformismo, garante uma rigorosa fidelidade à Palavra de Deus: daí resulta também o carácter martirológico do seu Primado.»
Papa Bento XVI, 2005:
«O poder conferido por Cristo a Pedro e aos seus sucessores é, em sentido absoluto, um mandato para servir. O poder de ensinar, na Igreja, obriga a um compromisso ao serviço da obediência à fé. O Papa não é um soberano absoluto, cujo pensar e querer são leis. Ao contrário: o ministério do Papa é garantia da obediência a Cristo e à Sua Palavra. Ele não deve proclamar as próprias ideias, mas vincular-se constantemente a si e à Igreja à obediência à Palavra de Deus, tanto perante todas as tentativas de adaptação e de adulteração, como diante de qualquer oportunismo.»
Andrew Guernsey in 'Rorate Caeli' (Tradução: odogmadafe.wordpress.com)
Fonte:http://senzapagare.blogspot.com.br/2018/01/ratzinger-explica-que-criticar-os.html
PAPA FRANCISCO ACEITA RITOS PAGÃOS INDÍGENAS


A fotografia foi tirada no Vaticano. Nela, o Papa Francisco aparece com uma indígena mapuche que, com seus trajes coloridos, parece estar praticando algum rito espiritual. Francisco inclina sua cabeça para que a indígena possa tocar seu rosto. Alguns quiseram ver uma forma de bênção ao Papa, embora parece que a indígena está tentando transmitir o espírito de seus deuses ancestrais ao Papa. A foto foi vista pelas pessoas comuns como um gesto de simpatia do Papa Francisco a todos os indígenas da Terra. Outros, no entanto, incluindo políticos e grupos católicos conservadores, criticaram o fato, visto como um sacrilégio. Afirmam que é a primeira vez que um Papa permite ser abençoado por uma seguidora de ritos pagãos. E chamaram a mapuche de “bruxa”.


https://s.yimg.com/uu/api/res/1.2/VYRhIcWTRnR612o5HzjSNw--~B/aD0yMzIyO3c9MTU0ODtzbT0xO2FwcGlkPXl0YWNoeW9u/http://media.zenfs.com/en_us/News/ap_webfeeds/82b8902684ff49758ffb09a106406c16.jpg


O comentário é de Juan Arias, publicado por El País, 12-01-2018.
Os conservadores afirmaram que não foi uma surpresa preparada para Francisco como tantas vezes ocorre durante as audiências na Praça de São Pedro, nas quais o Papa de repente se encontra com uma criança nos braços, colocada por uma mãe para que seja abençoado. Alegam que o pontífice, ao inclinar a cabeça na direção da mapuche para que ela possa tocar seu rosto, está conscientemente aceitando o rito que será realizado. E é ela quem abençoa o Papa e não o contrário.


https://es.zenit.org/wp-content/uploads/2017/12/L%C2%B4Osservatore-Romano.jpg

Visita de índios mapuches ao Vaticano em fevereiro de 2017
Em minhas muitas viagens ao redor do mundo com Paulo VI e João Paulo II vi cenas nas quais grupos de feiticeiros indígenas realizavam alguns de seus ritos pagãos na presença do Papa. Mas é verdade que é a primeira vez que um Papa permitiu que fosse feito um desses ritos nele com uma compostura séria e piedosa. A foto, que foi tirada no ano passado, ressuscitou agora sob o signo da polêmica na véspera da viagem de Francisco ao Chile, de 15 a 18 próximos. Nesta viagem, o Papa irá abordar o espinhoso problema das comunidades mapuches que, no Chile e na Argentina, são muito ativas na defesa de seus direitos e de suas terras cobiçadas pelas multinacionais.
Os mapuches são cerca de um milhão no Chile e cerca de cem mil na Argentina e esperam que Francisco aproveite a viagem para apoiar sua luta. Meses atrás ele disse a uma delegação de índios mapuche: “Não vamos permitir que os governos tomem a terra dos índios sob o pretexto de estabelecer novas tecnologias”. E acrescentou: “Eles devem seguir suas próprias tradições e sua cultura com olhar voltado para o progresso e com especial atenção pela Mãe Terra”.
Os indígenas com os quais Francisco vai se encontrar no Chile se sentem discriminados pelos governos, racial e socialmente, e não deixarão de expressar seus sentimentos para o Papa. Trata-se, curiosamente, do único grupo de nativos da América que derrotou militarmente os conquistadores espanhóis no século XVI usando táticas inéditas de guerrilha com as quais conseguiram resistir por 300 anos. Eles não se sentem chilenos nem argentinos, apenas nativos, e pretendem continuar assim. Não querem ser reconhecidos como araucários, nome que tinha sido dado pelos espanhóis, mas como mapuches.
Em vista da viagem que o Papa Francisco planejava fazer ao Chile, não há dúvidas de que ter aceitado aquele ritual da índia mapuche que parecia querer transferir o espírito de seus deuses foi mais do que um gesto de simpatia. O Papa argentino, apesar de sua simplicidade franciscana, continua sendo jesuíta e, como tal, um intelectual que sabe medir suas ações e adaptá-las aos tempos de hoje. É bem possível que, abaixando a cabeça para a mapuche para que ela pudesse tocar seu rosto, além de um gesto de carinho para a indígena, o Papa Francisco estava enviando uma mensagem, não só religiosa, mas também política e social, para o outro lado do Atlântico. Vamos descobrir em breve.
Fonte:http://www.ihu.unisinos.br/575216-polemica-foto-do-papa-francisco-com-uma-indigena-mapuche

sábado, 13 de janeiro de 2018


CARTA PARA PAPA FRANCISCO. A GRANDE IRONIA


http://comovaradealmendro.es/wp-content/uploads/2018/01/Francisco-3-TAPA-810x422.png


por Como Vara de Almendro
Um amigo da Argentina Nos envia uma carta que apareceu nos principais jornais da Argentina no final de 2016, por ocasião da viagem de Francisco ao Chile. Quem escreve, uma argentina, Alicia Giavedoni, expressa em poucas palavras o que muitos irmãos e amigos da Argentina compartilham conosco quando falamos sobre Bergoglio. Reproduzimos como ela escreve, sem qualquer correção gramatical, porque denota o que um argentino escreve para um argentino, com suas próprias torções e maneira de falar. Sem mais delongas, aqui está a carta de Alicia Giavedoni:
A grande ironia de sua vida, Francisco ...
O único e exclusivo culpado que você não pode retornar à sua terra natal ... é você!
No dia em que eles te escolheram, chorei com felicidade, como tantos outros argentinos, e, lembro, com sua viagem ao Brasil, não conseguimos parar de chorar de emoção, tanto amor despertava sua atitude de santo redentor que veio salvar o mundo, o escolhido !!! Você era o nosso maior e único orgulho nacional. A cabeça espiritual do planeta ...
Mas ... pouco depois, você começou a cercar-se de corruptos, não conseguiu esconder o prazer que sentiu ao receber a máxima responsável pela destruição do país; você condena a corrupção, estabelecendo-a como outro pecado e, no entanto, para a grande ladra, você a protegeu o tempo todo ... de quem? ... de nós? ... Porque, de acordo com suas próprias palavras, se alguma coisa acontecesse com ela, teríamos que olhar para o norte (aludindo aos EUA).

http://comovaradealmendro.es/wp-content/uploads/2018/01/BERGOGLIO-Y-LA-PERRA.jpg
É por isso que você nos pediu para "cuidar dela?" ... Ela nos humilhou, e com os membros da gangue de sua gangue estavam roubando nosso país, mas, de acordo com você, você tinha que protegê-la.
Por que você nunca pediu que ela nos protejesse? ... Que ela não continuasse destruindo a república? ...

Por que você não pede agora para proteger Maria Eugenia Vidal, uma mulher frágil, enfrentando sozinhas as gangues internacionais de drogas mais perigosas? Ela está acabando com a máfia da polícia corrupta, ou pelo menos ela está tentando com todas as suas forças, uma polícia de jaleco branco que encoberta o tráfico de mulheres, jogos de azar e tráfico de drogas. Ela está enfrentando na solidão o pior de todos os tipos de crime ... Mas você ... Você não sabe, certo? ...
É por isso que você não nos pede para protegê-la. Mas não se preocupe, vamos protegê-la pelo que isso significa, não precisamos do seu pedido.
E Macri, não precisamos protegê-lo, certo? ele não merece isso? Ele está tentando reconstruir um país devastado pelos seus protegidos, querido Pancho. É tão difícil para você reconhecê-lo? ...

Você dedicou todo o seu carinho aos criminosos. Enquanto vimos que as filhas de Nisman não mereciam uma só palavra sua.
Também os prisioneiros políticos de Cuba. Para não mencionar os pobres venezuelanos, espancados até a morte por Maduro, seu amigo populista, toda vez que tentam levantar a voz por seus direitos.

http://comovaradealmendro.es/wp-content/uploads/2018/01/BERGOGLIO-Y-LOS-KORRUPTOS-603x1024.jpg
Você recebeu a diabólica Hebe com tanta ternura! ... a Milagro Sala, o delinquente assassino, você lhe enviou seu caloroso abraço naquele rosário abençoado.
Moreno, o cavalo Suarez e muitos outros, bem como os sindicalistas mais corruptos, todos correram para receber a sua benção libertadora dos pecados e tranquilizadora das consciências.

E assim foi como ... metade dos argentinos viu que não havia espaço para nós em seu coração, e nós começamos a olhar para você com ressentimento.
Você nos esqueceu, Francisco!

Aqueles de nós que votaram pelo fim da delinquencia corrupta, ficamos decepcionados no mais íntimos, na crença de que, finalmente, alguém poderia trazer a paz aos nossos espíritos e na alma argentina, tão danificada ...
Você fez o contrário, você abriu ainda mais a fenda.

Mas, Francisco, tudo é pago ... E Deus é o responsável por fazê-lo. Agora você não pode voltar, porque sua presença só gera ressentimento em muitos de nós.
Você nos esqueceu !!!

E agora Deus lembra você. O líder da paz mundial, o embaixador do amor divino, viaja por todo o mundo com um passaporte argentino.
Mas você não pode retornar ao seu país amado! Que grande ironia, Francisco!
Alicia Giavedoni
Fonte: http://comovaradealmendro.es/2018/01/carta-a-francisco-la-gran-ironia/